Versão para impressão Versão para impressão  
 

Por MAGNO ALEXANDRE FERREIRA MOURA
Diretor de Assuntos Públicos em Alagoas

 
No último dia 28, mais de 60 missionários de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias realizaram projeto de serviço de ajuda humanitária juntamente com os voluntários do Programa Mãos que Ajudam das quatro estacas de Maceió. Foram aproximadamente 200 voluntários, que saíram em três ônibus com uma missão específica: ajudar as vítimas da enchente em Alagoas.

O projeto se deu na Escola Municipal Mário Gomes de Barros, que foi submersa na inundação e ficou cheia de lama e sujeira. As cadeiras das salas de aula ficaram todas amontoadas pela força da enxurrada que atingiu Branquinha no último dia 18 em consequência das fortes chuvas e da enchente do rio Mundaú.

O Presidente Beynon, da Missão Brasil Maceió, esteve no local com sua esposa, Sister Beynon. Ambos participaram ativamente do esforço do mutirão de limpeza. Todas as salas de aula estavam cheias de lama, mas, com a ajuda de missionários e voluntários, o trabalho de limpeza foi muito satisfatório, segundo a encarregada da Prefeitura de coordenar a atividade no local, Sra. Amália. Em nome da prefeita da cidade, a Sra. Amália expressou profundos agradecimentos pela ajuda recebida, dizendo que foi realizado em um dia o que levaria semanas para concluir com as poucas pessoas de que dispunha para o trabalho.

A cidade de Branquinha foi quase varrida do mapa pela força da enxurrada oriunda da elevação do volume de água do rio que corta a cidade. Casas, prédios públicos e a estação rodoviária da cidade foram totalmente destruídos. A cidade ficou em ruínas. O nível da água chegou a atingir o piso superior de algumas casas, com força suficiente para arrastar o que houvesse pela frente. 90% das casas foram atingidas, algumas das quais também contaram com a ajuda das missionárias que se esforçavam na limpeza.

A Defesa Civil e o Exército Brasileiro contaram com a ajuda dos voluntários no momento de descarregar a carreta de donativos que chegou à cidade. Fez-se uma fila indiana e os missionários passavam de mão em mão as caixas até o local de armazenamento. As cestas básicas distribuídas vieram de São Paulo.

O coordenador da Defesa Civil de São Paulo que estava presente em Branquinha, Sr. Gasque, ficou muito agradecido pela ajuda oferecida. Ele ressaltou que somos verdadeiras “mãos que ajudam”, pois, se não fossem os missionários e voluntários, eles teriam muita dificuldade em terminar o serviço. Segundo ele, com a ajuda dos voluntários e missionários, o serviço — que estimava-se em seis horas — durou cerca de duas. Ressaltou ainda que irá colocar em seu relatório a ajuda recebida por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias através de seus missionários e dos voluntários do programa Mãos que Ajudam.

O Sr. Gasque inclusive indagou por que havia tantos estrangeiros entre os voluntários. O presidente da estaca Maceió Brasil Litoral, Josualdo Mota, explicou-lhe que eram missionários e deixaram seu país e afazeres pessoais para servirem numa missão de tempo integral de proselitismo e de serviço em favor do próximo, demonstrando que seguem a Jesus Cristo, fato que deixou o Sr. Gasque muito admirado.

Ao término dos trabalhos em Branquinha foram cantados os hinos Chamados a Servir e Amar Uns aos Outros. Em seguida, uma oração foi oferecida pedindo ao Pai Celestial pelos desabrigados. A próxima parada dos missionários e voluntários foi a cidade de Murici, onde foram distribuídos alimentos e roupas com a ajuda do Exército brasileiro e dos missionários e voluntários do Mãos Que Ajudam.

A liderança eclesiástica da Igreja esteve no local e contou com o apoio aos líderes do sacerdócio dos irmãos Magno Alexandre F. Moura, diretor multiestaca de assuntos públicos de Maceió, e do presidente da Estaca Maceió Brasil Litoral, Josualdo Mota, que esteve à frente da atividade e afirmou que o trabalho realizado pelos missionários e voluntários nas cidades de Branquinha e Murici demonstra sermos seguidores de Jesus Cristo.

13 comentários para “Missão Brasil Maceió e Mãos que Ajudam levam ajuda humanitária a Branquinha e Murici”
  1. Simone Moura disse:

    Parabéns a todos os voluntários que participaram desse trabalho de amor ao próximo, tanto os colocaram a mão na massa, como aos que coordenaram esse trabalho maravilhoso. Que Deus continue abençoando a vida dos que foram ajudados como dos que ajudaram. Nota 10 !

  2. Presidente Beynon disse:

    Queremos agradecer os que organizaram esta oportunidade de ajudar as pessoas nesta calamidade. Foi a missão que ganhou mais que as vítimas, e os missionários expressaram sua gratidão por ter tido um dia de serviço. Que Deus nos ajude a reconhecer as bençãos plenas que temos por ser membros desta Igreja. Parabéns Pres Josualdo, Irmão Magno e os mais membros das unidades de Maceió por sua introspecção e desejo de coração. Vamos adiantar o trabalho do Senhor em qualquer jeito que Ele nos proporciona.

  3. JUnio Santana disse:

    Que o Senhor possa abençoar esses nossos irmãos, que possamos orar para tudo ser restaurado com sucesso de acordo com a vontade do Senhor.
    Ass: Junio Santana

  4. Marcia Cruz disse:

    Parabéns a todos que usam seu tempo a ajuda aos necessitados, são pessoas como vocês que fazem a diferença neste mundo, parabéns principalmente ao Sr. Magno Alexandre, homem de Deus que nunca deixa passar uma oportunidade desta sem contribuir com sua ajuda. Que Deus abençõe todos vocês.

  5. Clodoaldo B. Santos disse:

    Participei juntamente com minhas filhas, Anna Beatriz e Anna Sophia da ação humanitária mãos que ajudam na cidade de Branquinha, colaborando na limpeza da única escola que não foi destruída na tragédia na qual esta cidade foi afetada, há poucos dias, é tão bonito e importante ver a solidariedade humana, é quando lembramos que a caridade nunca falha, é nessas horas, que sentimos a força do calor humano dos membros e missionários e a ação permanente da, A Igreja de Jesus Cristo Dos Santos dos Últimos Dias.

  6. Otavio Augusto Saraçol Pereira disse:

    Ao conversar com membros que participaram todos relataram que foi uma grande oportunidade de servirem com amor e dedicação. Percebo que o serviço é algo que traz paz interior e fortalece o caráter, se abnegação,caridade e humildade e forem os sentimentos cultivados durante o ato de servir.

  7. Alan Santos disse:

    Fico muito feliz em ver o trabalho sincero e honesto em prol daqueles que necessitam de ajuda nesse momento de dificuldade. Se todos os cidadãos fizessem um pouquinho, assim com os membros da Igreja de Jesus Cristo, o sofrimento dessas pessoas seria amenizado e suas vidas voltariam ao normal bem mais rápido.

  8. Amália disse:

    Caro Magno

    Estava aguardando seu email,pois no dia em que você e seus irmãos
    estiveram em Branquinha,não fiquei com seu telefone nem com seu email.
    Gostaria de te dizer que voces não tem que nos agradecer,e sim nós,
    pois toda a colaboração que foi dada a Branquinha, foi especial, pois
    foram todos muito carinhosos.
    Não esqueço o rosto de todos aqueles jovens de peito e coração aberto,
    metendo os pés e mãos na lama com um odor horrivel, trabalhando sem
    parar ,com unico objetivo de ajudar, para que as crianças de
    Branquinha pudessem retornar às aulas para não perderem o ano letivo e
    à sua vida normal, diante de toda aquela tragédia, que os deixava tão
    atônitos e sem rumo.
    Já olhei as fotos.Ficaram otimas, pois registram um momento muito
    dificil daquele municipio, que já tinha tão pouco e agora ficou com
    quase nada.
    Gostaria de saber a quem a Prefeita deve se dirigir, para fazer os
    seus agradecimentos, pois ela quer ageradecer a todos aqueles, que
    voluntariamente foram dar sua contribuição a Branquinha.
    Aguardo contato

    Abraço

    Amália

  9. Jean Moura disse:

    Primo Magno Alexandre Moura,

    Quero parabenizar você, os jovens missionários, os membros da Igreja de Jesus cristo dos Santos dos Últimos Dias e todos que participaram direto ou indiretamente deste trabalho humanitário na cidade de Branquinha, destruída em decorrência das fortes chuvas e da enchente do Rio Mundaú.

    Vendo as fotos e a matéria, fiquei imaginando o quanto somos vulneráveis e o quanto devemos estar cada vez mais firmes no caminho do Senhor! Fico feliz em ver um promotor de Justiça e, acima de tudo, um homem de Deus, arregaçando as mangas e se doando para aqueles que se encontram totalmente fragilizados.

    Que Deus continue abençoando todos você. E que se mantenham fortes, para que em momentos como estes, vocês estejam sempre preparados e prontos para ajudar e deixar o exemplo de Cristo para aquelas pessoas que se encontram num momento tão triste da vida.

    E assim disse o Senhor: “Amai uns aos outros, como Eu vos amei” (Jo 15, 12). Por isso, vendo tal tristeza, gostaria também de dar minha colaboração, doando 100 unidades de meus CDs para que fossem vendidos em sua igreja. O dinheiro seria revertido para a compra de mantimentos ou o que você achar melhor.

    Fico no aguardo de sua resposta. Amo todos vocês!

    Um grande abraço,

    Jean Moura

  10. ingrid lopes abs disse:

    QUERO PARABENIZAR A TODOS OS MEMBROS DA IGREJA DE JESUS CRISTO DOS SANTOS DOS ULTIMOS DIAS PELA AÇÃO COMUNITARIA QUE ESTÃO FAZENDO, POIS SE CADA UM DE NÓS FIZESSEMOS UM POUCO O MUNDO ESTARIA BEM MELHOR. QUE DEUS CONTINUE DANDO FORÇA A TODOS VCS PARA REALIZAÇOES DE PROJETOS MARAVILHOSOS COMO ESTES.

    GRAÇAS A DEUS E A ESSES HOMENS QUE ARREGAÇAM A MANGAS EM PROL DO PROXIMO, E DESEJO LUZ NO CAMINHO DE TODOS VOCES !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    PARABENS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  11. Antonio disse:

    Embora haja desafios em nossas vidas, embora o mais intimo de nossos pensamentos seja escuro e doloroso, Deus Enviou seus Servos, Guerreiros Celestiais, nestes últimos dias, para propucionar paz nesta vida e alegria duradoura no mundo vidouro, estamos a serviço do Grande Arquiteto do Universo, e procuramos os mais belos dos sorrisos de seus filhos por nosso amor prestado!

  12. Nivea Ramos disse:

    Meu filho está na missão Maceió..e fico feliz de vê-lo ajudando com vigor..em servir ao proximo é o que conta hj em dia..servir alguém com amor..é uma dadiva..é o que aprendemos na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Ultimos Dias..e levaremos essa verdade a toods os cantos do planeta,onde estiver alguém precisando lá estaremos.Parabéns Maceió por ser um exemplo de Sud.

  13. Elisabeth Wolbeck disse:

    Parabéns! Gostei muito da iniciativa e execução,pois mesmo sendo trabalho de cada um,como de formiguinha,unidos realizam grandes feitos.Que DEUS os abençõe e mantenham ativos sempre,pois fazem o mundo melhor!

  14.